Buscar

VAMOS APRENDER SOBRE O LISADO PLAQUETÁRIO - PARTE II

Como o lisado plaquetário pode ser obtido?


Pode-se utilizar também o banho de ultrassom, em uma frequência específica, o qual age através da cavitação com a implosão das células, liberando seu conteúdo intracelular. Posteriormente, após qualquer uma das técnicas utilizadas deve-se fazer uma centrifugação forte para separar os restos celulares (debris) e utilizar somente o conteúdo molecular.


Quais são as evidências que temos do uso do lisado plaquetário?


Em um estudo in vitro com sinoviócitos derivados de pacientes com alterações degenerativas da cartilagem foram testados com lisado plaquetário. Neste estudo, foi verificado que o tratamento de sinoviocitos inflamados com lisado resultou em maior produção de ácido hialurônico e IL-6 pelos sinoviócitos. Também foi verificado um aumento da expressão gênica do agrecano tipo II e diminuição de MMP-13. Resultados positivos foram verificados na regeneração de tendão, com alteração de perfil para um mais anabólico contribuindo para obtenção de resultados positivos do lisado plaquetário.


Neste estudo clínico para o tratamento de dor radicular foi utilizado o lisado plaquetário por meio de injeção peridural. Os pacientes tratados com o lisado relataram uma melhora significativa na dor, e na função por meio de questionário por até 2 anos de seguimento. Os autores concluíram que o lisado pode ser um substituto promissor para corticosteroide para a dor radicular.




Referências:

Gilbertie JM, Long JM, Schubert AG, Berglund AK, Schaer TP, Schnabel LV. Pooled Platelet-Rich Plasma Lysate Therapy Increases Synoviocyte Proliferation and Hyaluronic Acid Production While Protecting Chondrocytes From Synoviocyte-Derived Inflammatory Mediators. Front Vet Sci. 2018 Jul 4;5:150. doi: 10.3389/fvets.2018.00150. PMID: 30023361; PMCID: PMC6039577.


Centeno C, Markle J, Dodson E, Stemper I, Hyzy M, Williams C, Freeman M. The use of lumbar epidural injection of platelet lysate for treatment of radicular pain. J Exp Orthop. 2017 Nov 25;4(1):38. doi: 10.1186/s40634-017-0113-5. PMID: 29177632; PMCID: PMC5701904.