Buscar

VAMOS APRENDER SOBRE O LISADO PLAQUETÁRIO - PARTE I

O lisado plaquetário é um produto biológico inicialmente idealizado para ser utilizado em meio de cultura, devido ao seu conteúdo molecular, em substituição ao soro fetal bovino,

apresentando vantagens relevantes para os pesquisadores que trabalham com os estudos invitro. Atualmente, podemos verificar estudos pré-clínicos (em animais) e clínicos (humanos) com resultados promissores.

Mas afinal o que é o lisado plaquetário?


O lisado plaquetário é um produto acelular, ou seja, não possui células, e sim todo o conteúdo proteico derivado da lise (quebra) das plaquetas (e outras células) que foram concentradas a partir da centrifugação. Esta quebra (lise) da membrana plasmática e liberação do conteúdo intracelular das células ocorre a partir de diferentes técnicas, com o objetivo de “jogar” todas as proteínas para o meio extracelular, por isso o lisado apresenta uma grande quantidade de fatores de crescimento, interleucinas e citocinas.


Como o lisado plaquetário pode ser obtido?


O lisado plaquetário pode ser obtido por meio de diferentes técnicas, sendo mais comumente utilizada a técnica de ciclo de congelamento e descongelamento. Esta técnica realiza 3 a 5 ciclos do produto exposto ao nitrogênio líquido durante pouco tempo (1 a 2 minutos) – para o congelamento, seguido da exposição durante 3 minutos ao banho-maria a 37°C para o descongelamento.




Referências:

da Fonseca L, Santos GS, Huber SC, Setti TM, Setti T, Lana JF. Human platelet lysate - A potent (and overlooked) orthobiologic. J Clin Orthop Trauma. 2021 Jul 28;21:101534.




Dr. José Fábio Lana, MD

Orthopedic Interventional Pain Management


BIRM - Brazilian Institute Regenerative Medicine/ The Bone and Cartilage Institute ORTHOREGEN INTERNATIONAL COURSE


Indaiatuba - São Paulo +55 19 3017 4366/ 19 97172-8008