Buscar

Uso de células mononucleares de medula óssea nas lesões de tendíneas do manguito rotador


PARTE II


Como alternativa de tratamento, recentes pesquisas em terapias regenerativas como plasma enriquecido de plaquetas (PRP) e concentrado de medula óssea e (BMC) tem mostrado resultados nas propriedades de cicatrização das rupturas nos tendões do manguito rotador melhorando sintomas e aprimorando a função.

O concentrado de medula óssea (BMC) contém células mononucleares, como células

precursoras e progenitoras, e células tronco hematopoiéticas e células tronco Mesenquimais(MSCs). As MSCs são células multipotentes, e apresentam algumas características como: são imunoprivilegiadas e imunomoduladoras, e são capazes de desenvolver o reparo tecidual do aparelho musculoesquelético. Este efeito de reparo tendíneo ocorre através de mecanismo parácrino, secreção de exossomos, fatores de crescimento, e quimiocinas.


As células mesenquimais estão presentes numa grande variedade de tecidos no corpo, como:polpa dentária, tecido adiposo, tecido muscular, medula óssea, cordão umbilical, etc. Dentro da Medicina Regenerativa a literatura explora as células mesenquimais derivadas da medula óssea ou do tecido adiposo.


Em 1980 Arnold Caplan e colegas publicaram um estudo científico isolando células tronco mesenquimais da medula óssea e observaram a habilidade dessas células em se diferenciar em tecido ósseo, cartilaginoso e tecido adiposo, in vitro. Posteriormente, novos estudos evidenciaram o potencial sinalizador, de efeito parácrino, modulando o ambiente ao redor destas células e Caplan renomeou as células mesenquimais como células medicinais de sinalização, de mesmo acrônimo, MSCs.


Referências:

Laxmaiah Manchikanti, MD, Christopher J. Centeno, MD, Sairam Atluri et al.A Bone Marrow Concentrate (BMC) Therapy in Musculoskeletal Disorders: Evidence-Based Policy Position Statement of American Society of Interventional Pain Physicians (ASIPP). Pain Physician 2020;23:E85-E131 • ISSN 2150-1149


Arnold I. Caplan. Mesenchymal Stem Cells. Journal of Orthopaedic Research 9:641-650. 1991

Entre em contato conosco por mensagem ou telefone:

Indaiatuba/SP: (19) 3017-4366 | 3392-6549
Belo Horizonte/MG: (31) 99949-7500
Uberaba/MG: (34) 3331-7777 | 99931-6810
Porto Alegre/RS: (51) 32761088 | 9243-9677
Vitória/ES: (27) 3207-5506 | 99992-5643
Brasília/DF: (61) 99630-0600 | 3248-7350
Goiânia/GO: (62) 992632170| 39790544

Este site foi criado para compartilhar informações e não tem como objetivo prestar consultas ou atendimentos médicos. As informações contidas no site expressam a opinião dos autores. As opiniões não tem vínculos com nenhuma instituição e as informações aqui contidas não substituem a avaliação médica. O médico não pode realizar diagnóstico e tratamento a distância ou por e-mail.

Responsável Técnico: Dr. José Fábio Lana / CRM/SP 133606 / CRM/MG 20582 - Ortopedia e Traumatologia - RQE nº55117