Buscar

TERAPIA INJETÁVEL INTRAVENOSA - PARTE I

O uso da nutrição com fins terapêuticos tem uma longa história na medicina, mas só

até meados do século XX que a via intravenosa era uma opção viável. McCormick no

Canadá foi provavelmente o primeiro autor a ter a ideia da intervenção intravenosa no

câncer, que de acordo com suas teorias surgiria de uma remodelação do colágeno

defeituoso, devido a uma deficiência de vitamina C.

A soroterapia consiste na infusão geralmente endovenosa de vitaminas, minerais,

antioxidantes, aminoácidos com o objetivo de suplementação e auxílio no tratamento

de várias condições clínicas.


Um paciente se recupera mais facilmente quando os sistemas imunológico, endócrino

e neural (como mestre sistemas reguladores para o resto do corpo) estão bem

nutridos. Por outro lado, o paciente que apresenta desequilíbrio nutricional terá mais

dificuldades em superar a tendência biológica desregulação. Infelizmente, no mundo

moderno, muitas circunstâncias se combinam para criar uma população cada vez mais

pobre desse estado de nutrientes, principalmente porque não é fácil encontrar a

maneira certa de garantir a manutenção da saúde e remodelação estrutural /funcional.




Referências:

Salom HG, Carrillo C, Galvis G. Impact of intravenous vitamin C megadose on the

quality of life of terminal cancer patients. Orthomolecular Medicine News Service,

August 26, 2020.



Dr. José Fábio Lana, MD

Orthopedic Interventional Pain Management


IOC - Instituto do Osso e da Cartilagem/ The Bone and Cartilage Institute

ORTHOREGEN INTERNATIONAL COURSE


Indaiatuba - São Paulo +55 19 3017 4366

Uberaba - Minas Gerais +55 34 3331 7777