Buscar

Preparo do Solo Para as Terapias Regenerativas - Parte II

Pense no seu corpo como um terreno onde você deve plantar uma semente. Para que

realmente as células do seu corpo possam se multiplicar, se desintoxicar e se regenerar, você precisa da bastante água e todos os nutrientes para uma boa recuperação. Se você não tiver quantidades suficientes de vitaminas, como a vitamina D, K2, C, E e o complexo B, dificilmente você irá se recuperar de doenças ou lesões nas suas articulações.


O mesmo acontece com os minerais. Se você não possuir em seu organismo quantidades suficientes de Magnésio, Cálcio, Zinco, Selênio e outros nutrientes, você terá uma resposta celular fraca e incompleta. Assim, será muito difícil para seu corpo lidar com invasões de bactérias, vírus ou recuperar tendões, ligamentos e cartilagens danificadas.


Consideramos como o preparo do solo, todas as medidas que tomamos para garantir que o nosso corpo tenha reais condições de se recuperar, prevenindo e tratando doenças. E tudo começa com uma alimentação, que deve excluir alimentos comprovadamente inflamatórios, com os açúcares, os carboidratos refinados e as gorduras hidrogenadas (gorduras trans).


Outro ponto essencial é mantermos um sono de qualidade, pois é durante a noite que nossas células fazem o trabalho árduo de recuperar lesões que tivemos durante o dia, assim como excretar toxinas que consumimos através de alimentos contaminados com metais pesados ou agrotóxicos.


Por último devemos pensar também em repor nutrientes que não estão sendo adquiridos em boas quantidades através da alimentação, para isso utilizamos diferentes tipos de suplementos alimentares.


Com essas medidas podemos garantir que os nossos pacientes estarão preparados para

responderem de maneira adequada ao tratamento que vamos empregar, alcançando assim um resultado satisfatório.



Referências:

Azzini, G. O. M., Santos, G. S., Visoni, S. B. C., Azzini, V. O. M., Santos, R. G. dos, Huber, S. C., & Lana, J. F. (2020). Metabolic syndrome and subchondral bone alterations: The rise of osteoarthritis – A review. Journal of Clinical Orthopaedics and Trauma.

https://doi.org/10.1016/j.jcot.2020.06.021


Gregor, M. F., & Hotamisligil, G. S. (2011). Inflammatory mechanisms in obesity. Annual Review of Immunology. https://doi.org/10.1146/annurev-immunol-031210-101322

Entre em contato conosco por mensagem ou telefone:

Indaiatuba/SP: (19) 3017-4366 | 3392-6549
Belo Horizonte/MG: (31) 99949-7500
Uberaba/MG: (34) 3331-7777 | 99931-6810
Porto Alegre/RS: (51) 32761088 | 9243-9677
Vitória/ES: (27) 3207-5506 | 99992-5643
Brasília/DF: (61) 99630-0600 | 3248-7350
Goiânia/GO: (62) 992632170| 39790544

Este site foi criado para compartilhar informações e não tem como objetivo prestar consultas ou atendimentos médicos. As informações contidas no site expressam a opinião dos autores. As opiniões não tem vínculos com nenhuma instituição e as informações aqui contidas não substituem a avaliação médica. O médico não pode realizar diagnóstico e tratamento a distância ou por e-mail.

Responsável Técnico: Dr. José Fábio Lana / CRM/SP 133606 / CRM/MG 20582 - Ortopedia e Traumatologia - RQE nº55117