Buscar

PREBIÓTICOS NA SAÚDE DO MICROBIOMA INTESTINAL - PARTE I

Abordagens nutricionais tornam-se cada vez mais importantes na medicina e

tratamentos regenerativos. Uma medida importante para melhorar a qualidade de

vida dos pacientes é moldar hábitos alimentares e incentivar a ingestão de alimentos

que fortalecem a saúde do intestino e seu microbioma. A dieta desempenha um papel

fundamental na formação da composição, diversidade e riqueza do microbioma

intestinal não só de crianças em desevolvimento mas de adultos e idosos também.


Uma dieta rica em uma ampla variedade de frutas, vegetais e fibras está associada a

uma maior abundância e diversidade de micróbios intestinais. A ingestão de

prebióticos e probióticos, por exemplo, é conhecida por ser muito benéfica para a

saúde intestinal. Os prebióticos são um grupo de ingredientes fermentados

seletivamente que promovem alterações específicas na composição e atividade das

bactérias intestinais, proporcionando benefícios ao hospedeiro de maneira a melhorar

a saúde geral. Apesar de existirem diferentes tipos de prebióticos, a maioria deles faz

parte dos grupos de carboidratos, sendo principalmente oligossacarídeos. Entretanto,

os prebióticos não se limitam apenas aos carboidratos.




Referências:

Davani-Davari, D., Negahdaripour, M., Karimzadeh, I., Seifan, M., Mohkam, M.,

Masoumi, S. J., Berenjian, A., & Ghasemi, Y. (2019). Prebiotics: Definition, types,

sources, mechanisms, and clinical applications.

Foods. https://doi.org/10.3390/foods8030092


Gibson, G. R., et al. (2010). Dietary prebiotics: Current status and new definition. Food

Science & Technology Bulletin: Functional Foods. https://doi.org/10.1616/1476-

2137.15880




Dr. José Fábio Lana, MD

Orthopedic Interventional Pain Management


IOC - Instituto do Osso e da Cartilagem/ The Bone and Cartilage Institute

ORTHOREGEN INTERNATIONAL COURSE


Indaiatuba - São Paulo +55 19 3017 4366

Uberaba - Minas Gerais +55 34 3331 7777