Buscar

ONDAS DE CHOQUE E A MEDICINA REGENERATIVA - PARTE II



Os aparelhos que geram ESWT, são: eletro-hidráulicos, eletromagnéticos, piezelétricos e pneumáticos, com técnica de geração diferentes de ESWT. Temos dois tipos de ondas para o tratamento das patologias, que são Ondas de choque de pressão radial (RSWT), que pode ser gerada pelos dispositivos: pneumático e eletromagnético, esse tipo de ondas apresentam as seguintes características: Ondas de pressão criadas balisticamente, sem a presença de um foco acústico, tendo propagação radial a partir de um ponto geométrico na pele, energia baixa a média, onda de pressão, campo de ação divergente e menor profundidade.


As Ondas de choque focal (FSWT), são geradas pelos dispositivos: eletrohidráulicos,

eletromagnéticos, piezelétricos, com as seguintes características: pulsos sônicos de pressão, com características físicas bem definidas, que se propagam pelo meio até atingir um alvo focalizado (F2) a uma distância de sua origem (F1), alta energia, campo de ação focal, maior profundidade. De acordo com o nível de energia que o ESWT pode ser aplicado no paciente divide-se em baixa, média e alta energia (mJ/ mm2). O tipo de ondas a ser aplicada (FSWT/RSWT), número de sessões, intensidade, vai depender da patologia apresentada, exame físico, de imagem ou outros exames quando necessários.


A ESWT tem efeitos biológicos imediatos e tardios quando aplicadas. As complicações podem existir uma vez que aplicada sem conhecimento, a realização do tratamento requer certos cuidados e monitoramento. O mau resultado, pode ser o diagnóstico errado e a falha técnica. A aplicação de ESWT deverá ser feita por profissional médico certificado que usará o protocolo e a técnica corretamente.



Referências:

Liu T, Shindel AW, Lin G, Lue TF, Cellular signaling pathways modulated by low-intensity

extracorporeal shock wave therapy. Int J Impot Res. 2019.

Moya D, Ramon S, Schaden W, Wang C, Guiloff L, Cheng J. The Role of Extracorporeal

Shockwave Treatment in Musculoskeletal Dis sorders. J Bone Joint Surg Am. 2018

Sansonea V, Brañesc M, Romeo P. A novel bimodal approach for treating atrophic bone non-unions with extracorporeal shockwaves and autologous mesenchymal stem cell transplant. Medical Hypothesis. 2018.



Drº José Fábio Lana, MD

Orthopedic

Interventional Pain Management


IOC - Instituto do Osso e da Cartilagem / The Bone and Cartilage Institute ORTHOREGEN INTERNATIONAL COURSE


UNIT 1 - Indaiatuba - São Paulo +55 19 3017 4366

UNIT 2 - Uberaba - Minas Gerais +55 34 3331 7777


Entre em contato conosco por mensagem ou telefone:

Indaiatuba/SP: (19) 3017-4366 | 3392-6549
Belo Horizonte/MG: (31) 99949-7500
Uberaba/MG: (34) 3331-7777 | 99931-6810
Porto Alegre/RS: (51) 32761088 | 9243-9677
Vitória/ES: (27) 3207-5506 | 99992-5643
Brasília/DF: (61) 99630-0600 | 3248-7350
Goiânia/GO: (62) 992632170| 39790544

Este site foi criado para compartilhar informações e não tem como objetivo prestar consultas ou atendimentos médicos. As informações contidas no site expressam a opinião dos autores. As opiniões não tem vínculos com nenhuma instituição e as informações aqui contidas não substituem a avaliação médica. O médico não pode realizar diagnóstico e tratamento a distância ou por e-mail.

Responsável Técnico: Dr. José Fábio Lana / CRM/SP 133606 / CRM/MG 20582 - Ortopedia e Traumatologia - RQE nº55117