Buscar

O Exercício Físico como um Adjuvante na Ortopedia Regenerativa - Parte III

Exercícios aeróbicos ou HIIT (exercício intervalado de alta intensidade) moderados, por

exemplo, têm efeitos benéficos na proliferação e diferenciação de MSCs, que

melhoram suas propriedades osteogênicas e tenogênicas (formação de osso e tendão,

respectivamente). Revisão recente sobre o tema mostrou que os efeitos do exercício

na proliferação e diferenciação das MSC dependem, contudo, das características da

atividade física (tipo, intensidade, duração), da idade do doador das células e das

características do tecido de onde as MSCs foram coletadas.


Interessantemente, a prática regular de exercícios físicos tem impacto positivo na

função mitocondrial, ocasionando um aumento na produção de energia, diminuindo o

estresse oxidativo sobre o seu material genético (DNA) e ativando a biossíntese de

mais mitocôndrias dentro das células. Ou seja, é como se as células se tornassem mais

autonômicas e com menor envelhecimento celular.




Referências:

Bourzac C, Bensidhoum M, Pallu S, Portier H. Use of adult mesenchymal

stromal cells in tissue repair: impact of physical exercise. Am J Physiol Cell

Physiol. 2019 Oct 1;317(4):C642-C654. doi: 10.1152/ajpcell.00530.2018. Epub

2019 Jun 26. PMID: 31241985; PMCID: PMC6850997.