Buscar

O CORONAVÍRUS E OS PROFISSIONAIS DE SAÚDE - PARTE I


Os profissionais da saúde enfrentam um elevado risco de exposição às doenças

infecciosas, em especial o Coronavírus. É imperativo garantir a segurança dos

trabalhadores, não apenas para salvaguardar o cuidado contínuo do paciente, mas

também para garantir que eles não transmitam o vírus. A assistência aos pacientes com

COVID-19 representa um risco substancial de exposição para a equipe de UTI devido aos

seguintes motivos: altamente contagioso com rota de transmissão múltipla, dose alta de

exposição, longas horas diárias de contato e permanência na UTI. A transmissão entre os

profissionais de saúde ocorreu em 3,8% dos pacientes com COVID-19, emitidos pela

Comissão Nacional de Saúde da China em 14 de fevereiro de 2020. No entanto, durante

o surto da síndrome respiratória aguda de 2002, a OMS confirmou 8.098 casos e 774

(9,6%) óbitos, dos quais os profissionais de saúde representaram 1707 (21%) casos.


O COVID-19 é transmitido por gotículas respiratórias, contato e fecal-oral, até

mesmo a transmissão através dos olhos. Os procedimentos de maior carga viral e

geração de aerossol, como ventilação não invasiva, ampliam o risco de exposição e

transmissão. Devido a isso, medidas agressivas para a proteção dos profissionais de

saúde devem ser tomadas.



Referências:

Guo Y, Cao Q, Hong Z, Tan Y, Chen S, Jin S, Tan K, Wang D, Yan Y. The origin, transmission and

clinical therapies on coronavirus disease 2019 (COVID-19) outbreak – an update on the status.

Military Medical Research (2020) 7:11

De Chang, Xu H, Rebaza A, Sharma L, Dela Cruz CS. Protecting health-care workers from

subclinical coronavirus infection. www.thelancet.com/respiratory Vol 8 March 2020



Drº José Fábio Lana, MD

Orthopedic

Interventional Pain Management


IOC - Instituto do Osso e da Cartilagem / The Bone and Cartilage Institute ORTHOREGEN INTERNATIONAL COURSE


UNIT 1 - Indaiatuba - São Paulo +55 19 3017 4366

UNIT 2 - Uberaba - Minas Gerais +55 34 3331 7777