Buscar

MEDULA ÓSSEA, VOCÊ SABE A IMPORTÂNCIA? - PARTE IV


O mesmo raciocínio pode ser aplicado aos glóbulos brancos. Em resposta a infecções, por exemplo, a medula óssea produz e libera mais glóbulos brancos de defesa para combater o processo infeccioso. Além disso, se uma pessoa sofre uma perda grave de sangue, a medula óssea amarela pode se ativar e se transformar em medula óssea

vermelha.


Por essa capacidade incrível de renovação das células do sangue, a medula óssea vermelha tem sido utilizada há bastante tempo com uma importante ferramenta terapêutica em alguns tipos de câncer do sangue. O transplante de medula óssea é um tratamento médico que substitui a medula óssea doente por células saudáveis. As células de reposição podem vir do seu próprio corpo ou de um doador. Esse tipo de abordagem pode ser utilizada para tratar doenças como a leucemia, mieloma e linfoma, e outras doenças do sangue e do sistema imunológico que afetam a medula óssea.


Na medicina regenerativa, o aspirado de medula óssea ou o aspirado concentrado da

medula óssea tem sido utilizado como tratamento para osteoartrite e outras patologias

que afetam o tecido músculo esquelético.


Na medula óssea existem também outro tipo celular especial: as células mesenquimais

que atuam em sinergia com as células-tronco hematopoéticas e no ambiente medular

dão suporte à hematopoese.



Referências:

Shoieb, S. A., Hafez, M. A. A., Abd El-Hamid, A. E., & Ezz, W. H. (2019). A review of

bone marrow niche cellular spectrum. Journal of Internal Medicine.