Buscar

MEDULA ÓSSEA, VOCÊ SABE A IMPORTÂNCIA? - PARTE III

Células-tronco da medula óssea


As células-tronco hematopoiéticas têm propriedades de renovação e diferenciação,

podendo se dividir constantemente e produzir novas células. A auto renovação é uma

propriedade essencial dessas células-tronco, pois são capazes de fornecer progenitores

mielóides e linfóides comuns. Algumas dessas novas células permanecem como células-tronco, enquanto outras passam por uma série de estágios de maturação antes de se tornarem células sanguíneas formadas ou maduras.

Nesse processo, os vasos sanguíneos possuem um papel importante, atuando como uma barreira física para evitar que as células imaturas deixem a medula óssea. Assim, apenas as células sanguíneas maduras conseguem fazer parte da corrente sanguínea, pois possuem proteínas em sua superfície que possibilitam a entrada destas nos vasos.


A produção de novas células sanguíneas pode ser modificada!


A produção celular na medula é constante, mas alguns fatores podem influenciar e

aumentar essa geração de novas células sanguíneas.


Isso pode acontecer em casos de diminuição da oxigenação dos tecidos do corpo, se

houver perda de sangue ou anemia, ou se o número de glóbulos vermelhos reduzirem.

Nesses casos, nosso organismo produz e libera o hormônio eritropoietina (produzido

principalmente nos rins), um hormônio que estimula a medula óssea a produzir mais

glóbulos vermelhos.




Referências:

Shoieb, S. A., Hafez, M. A. A., Abd El-Hamid, A. E., & Ezz, W. H. (2019). A review of

bone marrow niche cellular spectrum. Journal of Internal Medicine.