Buscar

FITOTERAPIA EM TEMPOS DE PANDEMIA - PARTE I


O papel da Echinacea - PARTE I


Há uma grande variedade de plantas medicinais espalhadas pelo mundo. Essas plantas podem oferecer recursos preventivos e terapêuticos para uma infinidade de doenças. A Fitoterapia e a ciência do estudo dessas plantas e tem como objetivo principal estimular as defesas naturais do organismo. Existem estudos de fitoterápicos que podem ajudar a melhorar a resposta do sistema imunológico nesse momento de pandemia. Neste artigo vamos discutir sobre as evidências científicas de um fitoterápico chamado Echinacea .

A Echinacea possui 9 espécies diferentes. As 3 mais estudadas sao: Echinacea angustifolia, Echinacea purpurea e Echinacea pallida. Cada uma delas possui propriedades terapêuticas. A ação imunoestimulante é determinada pela fração polissacarídica conhecidas como equinaceínas e equinacosídeos. Esses princípios ativos podem levar a um aumento do número de leucócitos, estimular a sinalização de macrófagos com capacidade de fagocitar patógenos e promover o aumento de células NK (Natural Killer). Essas células são capazes de reconhecer e destruir, por exemplo, células infectadas por vírus. Estudos mostram um efeito imunoestimulante, anti-inflamatória, antioxidante, antiviral e antibacteriano. A atividade antiviral acontece devido à capacidade dessa planta de interagir com as vias metabólicas de macrófagos e na produção do interferon α e β, capazes de inibir a replicação do vírus dentro das células infectadas.

É importante ressaltar que esse artigo não tem como objetivo estimular uma auto prescrição. Independente do caso é sempre importante consultar um médico ou um fitoterapeuta para adequar o uso desta planta ao grau da patologia.



Referencias:

CATANZARO, Michele. et. Al. Immunomodulators Inspired by Nature: A Review on Curcumin and Echinacea. Molecules. 2018.

MUSTAHSAN BILLAH, Md. et. Al. Echinacea. Chapter. 2018.

GANJURI, M. DARAKHSHAN, S. TAGHIZAD, F. A Review on Pharmacological and Therapeutic Properties of Echinacea. Symbiosis. 2016.



Drº José Fábio Lana, MD

Orthopedic

Interventional Pain Management


IOC - Instituto do Osso e da Cartilagem / The Bone and Cartilage Institute ORTHOREGEN INTERNATIONAL COURSE


UNIT 1 - Indaiatuba - São Paulo +55 19 3017 4366

UNIT 2 - Uberaba - Minas Gerais +55 34 3331 7777

Entre em contato conosco por mensagem ou telefone:

Indaiatuba/SP: (19) 3017-4366 | 3392-6549
Belo Horizonte/MG: (31) 99949-7500
Uberaba/MG: (34) 3331-7777 | 99931-6810
Porto Alegre/RS: (51) 32761088 | 9243-9677
Vitória/ES: (27) 3207-5506 | 99992-5643
Brasília/DF: (61) 99630-0600 | 3248-7350
Goiânia/GO: (62) 992632170| 39790544

Este site foi criado para compartilhar informações e não tem como objetivo prestar consultas ou atendimentos médicos. As informações contidas no site expressam a opinião dos autores. As opiniões não tem vínculos com nenhuma instituição e as informações aqui contidas não substituem a avaliação médica. O médico não pode realizar diagnóstico e tratamento a distância ou por e-mail.

Responsável Técnico: Dr. José Fábio Lana / CRM/SP 133606 / CRM/MG 20582 - Ortopedia e Traumatologia - RQE nº55117