Buscar

Entendendo a Sarcopenia - PARTE I

Em virtude do envelhecimento da população o número de pessoas com mais de 60

anos tem a tendência a dobrar de 2015 a 2050 chegando à marca de 2,1 bilhões ( ONU

2015).

O envelhecimento é um processo multifatorial associado a muitas mudanças do corpo

incluindo massa óssea, muscular e gordura. Sendo os músculos compondo 40% da

massa corporal de uma forma geral podendo diminuir em número de fibras e tamanho

chegando a 30% ou menos entre 25 e 80 anos. A esta perda de massa e força muscular

associada a diminuição da capacidade física e idade chamamos de sarcopenia, termo

utilizado inicialmente por Irwin Rosenberg.


Alguns estudos têm nos mostrado que a sarcopenia está diretamente relacionada a

maior taxa e mortalidade justamente pela diminuição da massa muscular o que gera

um aumento de quedas e maior taxa de hospitalização, o mesmo ocorre com as

doenças degenerativas como osteoporose, diabetes , câncer entre outras que tem sua

taxa aumentada com a presença da sarcopenia.


Baseado no consenso sobre sarcopenia de 2019 a definição atual mais aceita é a perda

de massa muscular esquelética associada a idade juntamente com a diminuição da

força muscular e ou redução do desempenho físico. A definição de idoso varia de cada

país, no entanto de maneira geral fica acima de 60 a 65 anos. Quando a perda de

massa muscular ocorre em jovens outros diagnósticos devem ser procurados antes de

definir como sarcopenia.



Referências:

Liang-Kung Chen; Jean Woo, Prasert Assantachai, Tung-Wai Auyeung, Ming-Yueh Chou,

Katsuya Iijima, et al. Asian Working Group for Sarcopenia: 2019 Consensus Update on

Sarcopenia Diagnosis and Treatment. JAMDA 2020.




Dr. José Fábio Lana, MD

Orthopedic Interventional Pain Management


IOC - Instituto do Osso e da Cartilagem/ The Bone and Cartilage Institute ORTHOREGEN INTERNATIONAL COURSE


Indaiatuba - São Paulo +55 19 3017 4366

Uberaba - Minas Gerais +55 34 3331 7777