Buscar

A relação entre dieta e a dor - PARTE I

Atenção crescente tem sido dada aos fatores dietéticos e nutricionais em

relação à dor crônica. E não apenas para dor abdominal, mas também para

outros distúrbios crônicos como as dores neuropáticas, a osteoartrite, as dores

oncológicas e mesmo a lombalgia. Uma meta-análise recente mostrou que

intervenções nutricionais com ingestão de nutrientes específicos podem

resultar em alívio significativo em pacientes com dor crônica.



Mesmo que esses efeitos possam ser meramente pelo impacto mecânico da

perda de peso, parece que os potenciais benefícios da analgesia poderia surgir

de uma ligação dietética à sensibilização do sistema nervoso central (SNC).

Essa sensibilização do SNC seria como uma amplificação da sinalização neural

que provoca hipersensibilidade e mal adaptação à dor.




Referências:

Brain K, Burrows TL, Rollo ME, et al. A systematic review and meta-analysis of

nutrition interventions for chronic noncancer pain. J Hum Nutr Diet 2019; 32:

198e225

Guo R, Chen LH, Xing C, Liu T. Pain regulation by gut microbiota: molecular

mechanisms and therapeutic potential. Br J Anaesth. 2019 Nov;123(5):637-654.




Dr. José Fábio Lana, MD

Orthopedic Interventional Pain Management


IOC - Instituto do Osso e da Cartilagem/ The Bone and Cartilage Institute

ORTHOREGEN INTERNATIONAL COURSE


Indaiatuba - São Paulo +55 19 3017 4366

Uberaba - Minas Gerais +55 34 3331 7777